Tarefas para todas as idades

organização

Uma família numerosa obriga a uma organização especial para não nos atropelarmos uns aos outros. Como já comentei, semana sim, semana não, somos 6 cá em casa, pelo que em termos de tarefas “domésticas” temos que forçosamente distribui-las por todos. Sem esta dita “contribuição” eu o meu marido dávamos em doidos.

Os mais velhos (15 & 12) já têm idade para ajudar em tarefas mais complexas, enquanto os mais novos  (6 & 2) têm tarefas mais simples. Isto é um ponto importante. Cada criança deve ter tarefas adequadas à idade, por exemplo:

  • 2-3 anos – podem guardar os brinquedos, ajudar a pôr a mesa, tirar a roupa e coloca-la no cesto.
  • 6-8 – por e tirar a mesa, ajudar a guardar as compras, fazer a cama, preparar lanche, varrer.
  • 12 -14 – cuidar dos irmãos mais novos, preparar lanches/refeições leves, levar o lixo, lavar a loiça, estender a roupa.

Isto das tarefas começou há algum tempo. Primeiro definimos as “Regras da Família“, uma folha em A4 com os “mandamentos” cá de casa. Uma espécie de guia das boas práticas.

Foi sempre com o objetivo de incentivar os mais novos a participarem nas tarefas de casa, mas principalmente para aprenderem a tomar conta das suas coisas, a manterem os seus espaços organizados e a trabalharem características como a responsabilidade, a entreajuda e a independência.

Inicialmente fizemos um ficheiro em word, com os campos das tarefas e atribuíamos um valor simbólico a cada tarefa “realizada”. O valor era somado no final da semana e dava a “semanada”. Valores pequenos como 10 cêntimos, com a possibilidade de ganhar mais semanada por tarefas “extra”.

Atualmente o sistema das tarefas foi “aperfeiçoado”. Primeiro houve um “upgrade” no suporte. Encontramos no Corte Inglês uma tabela de “As nossas tarefas” da marca portuguesa  Oh – Organização Habitual www.facebook.com/Organizacaohabitual  (15.90€).  É um Bloco com 40 Folhas e funciona através de “recompensas/prémios”. Cada criança é representado por uma cor  (máximo 4). A tabela permite personalizar as tarefas a cumprir e cada criança depois pinta a estrela da sua cor quando realizar a tarefa corretamente. Em segundo lugar, deixamos de atribuir um valor monetário e passamos a atribuir recompensas.  Podem ser recompensas individuais ou recompensas de grupo que podem ir desde uma ida ao cinema, um passeio ou uma tarde de jogos. A recompensa é decidida em conjunto, em especial as de grupo, pois todos têm que contribuir para cumprir mínimos de estrelas.

Em termos das tarefas, as mesmas vão mudando de semana para semana, consoante observamos que é preciso focar num ou outro comportamento. Tarefas como lavar os dentes, fazer a cama, tirar e pôr a mesa são obrigatórias, às que acrescentamos arrumar o quarto, arrumar a roupa, higiene pessoal, obedecer às regras da família, não atrasar de manhã (para sairmos de casa). Em fim, ideias de tarefas não faltam e vamos adaptando também à altura do ano – no verão podemos por exemplo acrescentar varrer o jardim ou regar as plantas.

Existem muitas ideias na internet de como fazer a questão das tarefas em casa algo divertido. Espreitem o meu Pinterest para se inspirarem.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply