Festa Guerra das Estrelas

No sábado foi dia de festa cá em casa. Finalmente chegou o dia com o qual o meu filho sonha todos os anos e que meses antes já me está a dizer o tema que quer, quem quer convidar, etc. Este ano voltou a escolher o tema da Guerra as Estrelas (2º ano consecutivo), o que não me agrada nem desagrada, até porque dá para fazer coisas muito fixes com este tema. As vezes sinto que não consigo ter o tempo nem o dinheiro para fazer tudo o que quero. Porque ideias não me faltam 🙂 Espreitem o álbum de pinterest aqui para ver todas as ideias para Festas da Guerra das Estrelas.

A festa foi em nossa casa. As vantagens que vejo em fazer em casa é que não tens o custo de aluguer de espaço e tens tudo à mão caso falte alguma coisa. A desvantagem é a confusão e desarrumação que fica, mas como temos jardim, a festa ficou (quase) toda fora de casa. Tirando a ventania que não me deixou colocar toda a decoração que queria,  tudo o resto correu muito bem 🙂

Foram 2 semanas de planeamento e organização. Na semana anterior tinha férias e andei de um lado para o outro a tratar de tudo: a comprar a comida, a visitar lojas comprar as decorações, a fazer os convites, a encomendar os salgados e o bolo, a tratar da animação, a fazer a pinhata, etc.

Resultado: mais uma festa espetacular, onde não faltou comida nem bebida e muito menos animação. Adoro organizar a festa para o meu filho e adoro ver a cara dele de felicidade.

Este ano, pela segunda vez, contratei os serviços da Aquarela Mágica (@aquarelamagica). Os dois animadores, a Joana e o Jorge, foram espetaculares. Sendo o tema da Guerra das Estrelas, vinham mascarados de Luke e de Leia. Fizeram gincanas e jogos com os miúdos, pintaram caras e fizeram balões. Não houve tempos mortos e os miúdos estiveram sempre divertidos. Para mim continua a ser fundamental ter um serviço de animação neste tipo de festas. Não é um serviço de todo barato, mas fico descansada e existem opções mais em conta de acordo com os nossos orçamentos. Este ano, só queria mesmo ter os animadores a fazerem jogos e gincanas, pinturas e balões.

A comida foi quase toda preparada em casa. Mousse de chocolate e de manga, wraps de salmão e de fiambre, quiche de atum e milho e também de queijo e fiambre, bolinhos de chouriço e queijo, salada de frutas, legumes cortados, ovinhos de codorniz e espetadas de tomate e mozarela. Depois as habituais batatas fritas, pipocas doces, suspiros, em fim, comida prática, tipo finger food.  Encomendei os salgados aos Salgados e Docinhos Lisboa (@salgados.e.docinhos.lisboa). Os brigadeiros (de vários tipos) estavam deliciosos e os salgados também. Para além de entregarem em casa, chega tudo quentinho. Para quem estiver interessada, têm pacotes de salgadinhos e doces em conta. O bolo foi uma encomenda de última hora com os  Sabores da Tina (@saboresdatina). Encontrei o contacto no Grupo das Mães de Cascais. O bolo e os cupcakes da Guerra das Estrelas ficaram lindos e muito saborosos. O bolo era de ananás e tinha recheio pudim o que o tornava leve e fresquinho.

Por fim a pinhata, que ainda me deu um pouco de trabalho (a fazer e depois a destruir). Mas o meu filho adorou e isso é o que realmente importa. Para quem quiser ficar a saber como fiz a pinhata, espreitem aqui

No final, todos levaram uma saquinho de lembrancinhas para casa 🙂

Para o ano há mais! Que a força esteja convosco 😉

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply