Viajar de carro com crianças

Todos os anos fazemos uma viagem grande de carro com os miúdos. Quando digo grande, é mesmo grande. 1200 km de Lisboa a Andorra. 12 horas dentro de um carro. Ahhh…12 de ida e 12 de volta.

Acabamos de fazer a primeira parte da nossa viagem anual à neve. Confesso que estava um pouco preocupada e nervosa. Era a primeira vez que o mais novo (3 anos) faria a viagem connosco. O Tiago, agora com 7, já fez varias vezes e está habituado. Os mais velhos estão habituados desde sempre.

Desafio: 12 horas, 2 crianças e 2 adolescentes. Resultado: muito melhor do que eu imaginei. Porque? Não vou dizer que os miúdos são anjos, porque houve momentos mais críticos. Ao fim e ao cabo, são crianças. Mas creio que uma boa preparação e organização, aliada a uma dose de paciência, ajudou a que tudo corresse bem.

Por isso, partilho  como nos organizamos para grandes viagens como esta.

  1. Na véspera da viagem, e tendo em conta que saímos cedo, deixamos tudo pronto. Desta vez, até colocamos as malas no carro na noite anterior. Assim, no dia da viagem é só pegar nas malas de mão e entrar para dentro do carro. Esta preparação ajuda a eliminar situações de stress de última hora à procura de coisas. Pense que o objectivo é que comece logo bem.
  2. O Gabriel (3 anos) dormiu com a roupa de viagem (fato de treino) para ser o último a acordar e ir directo para o carro. Preparei-lhe um pequeno-almoço, e comeu no carro. Nestas situações o melhor é ser sempre o último a acordar. Todos deixamos a roupa separada e pronta de véspera. É só acordar e vestir.
  3. Paramos algumas vezes pelo caminho. Desta vez foram 4 vezes. Por razões de segurança, mas não só. É importante parar para tirar os miúdos do carro, apanharem ar e depois continuar viagem. Não vale a pena forçar as coisas. Se for preciso parar, pare.
  4. Para evitar desperdício de tempo e dinheiro (as estações de serviço costumam ser caras e a oferta pouca) levamos comida. Deixo a comida pronta de véspera, e assim quando paramos, fica tudo em pé, a esticar a perna e a comer. Sandes de atum, wraps de salmão, legumes cortados, ovos cozidos, batatas fritas…
  5. Para além de parar várias vezes, dormimos pelo caminho. Isto é mais pelo pequenino, mas como correu bem, estamos a pensar da próxima vez, fazer a viagem directa. Reservamos hotel com tempo, para não apanhar surpresas.
  6. Levamos comida e bebida dentro do carro, à mão. Água e snacks pequenos são obrigatórios.
  7. Nas paragens, vai tudo à casa de banho. Caso contrário, arrisca-se a ter de parar mais vezes.
  8. Levamos muita coisa para os entreter, livros, leitores de dvd, telemóveis, tablets, livros para colorir, brinquedos…e qd está tudo feito, fazemos jogos, cantamos…
  9. Desta vez, optei por fazer metade da viagem sentada ao lado do mais novo. Vimos filmes, brincamos, etc. Deixei a tarefa de copiloto para o meu enteado mais velho.

E assim se passaram 12 horas. Como disse, houve momentos críticos. Por várias vezes o Gabriel quis arrancar o cinto, e sair da cadeira. E eu por vezes tive que respirar fundo e contar até 10, pôr o meu melhor sorriso e inventar uma brincadeira qualquer.

Vai fazer uma viagem de carro com os seus filhos? Lembre-se de 3 coisas: Preparação, Organização e Paciência.

Boas viagens!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply