O quarto de crescido do Gabriel

Finalmente o Gabriel tem o seu quarto de crescido. Espreite as fotos e fique a conhecer as opções decoração e arrumação que escolhemos para o quarto dele.

Para começar, o tema de decoração do quarto é estrelas. Já tinha esse tema quando ele era bebé, e não havia razão para trocar tendo em conta que muitos dos elementos do seu quarto anterior foram mantidos. Aproveitei a mesa de cabeceira, a prateleira, o baú e os tapetes.  A cama que compramos já é de crescido (igual a que o Tiago tem no quarto dele) e  colocamos uma barra de proteção para evitar que ele caia da cama nesta fase de transição. A barra foi a solução ideal, pois eu não queria daquelas barras gigantes e esta é discreta. A cama tem duas gavetas com muita arrumação, que para já guardam a roupa do irmão que ainda não lhe serve e alguma roupa de cama.

 

A capa de edredão é da Primark e foi comprada nos saldos. Um achado na verdade, depois de semanas à procura de uma capa que se adapta-se ao tema e às cores do quarto. Na parede mantivemos os autocolantes que tinha anteriormente. Vou ter de comprar mais para a parede das estrelas brancas. Ambos foram comprados na loja online Viart.

 

A prateleira para já é esta. Não é da cor que eu gosto mais, mas para já vai ter que manter-se assim, porque é a prateleira que estava no quarto anterior.  Mais à frente terei de convencer o meu marido a troca-lá. Ele não é propriamente muito fã de fazer buracos na parede. O quadro tem as mãos dele quando tinha um ano e o placard com o nome dele foi feito por mim. Ainda quero pôr mais fotos, principalmente com os irmãos e connosco.

 

O Gabriel adora a sua tenda. Nas primeiras noites quis logo dormir nela. Outro achado nos saldos da Primark. Só falta mandar fazer ou encontrar um colchão ou almofada para pôr la dentro e que ele possa dormir sem ficar com dores nas costas.  Tem sugestões de lugares onde possa encontrar uma solução para isto? Aproveitei o candeeiro que tinha no troca-fraldas e instalei-o na tenda. Os miúdos adoram, principalmente à noite, para contar histórias. Para já é a casinha dos peluches e onde ele gosta de passar mais tempo quando está no quarto.

 

 

Junto à janela ficou o móvel que estava no quarto do Tiago. É perfeito para guardar os livros e com algumas soluções de arrumação conseguimos maximizar o espaço. Todos os brinquedos foram escolhidos pelo Gabriel e arrumados por ele. O resto está na cave, onde brinca com os irmãos.

 

Inicialmente este móvel só tinhas os livros, e alguns brinquedos nos cestos. Mas o Gabriel adora brincar no quarto dele, por isso, começou aos poucos a trazer alguns brinquedos da cave e agora o móvel está assim. De pistas de hot wheels à máquina de café. Os cestos são ideais para guardar brinquedos mais pequenos. Comprei o tecido nos Bispos na Parede e a minha sogra fez as capas para os cestos.

 

O cantinho da leitura é uma cadeira que trouxe da casa da minha avó no Alentejo e que foi pintada de azul por mim há muitos anos. Perfeita para o Gabriel folhear um livro. Em alternativa deita-se na cama ou no chão em cima do tapete. Adoro misturar elementos modernos com alguns antigos, quase vintage, da minha infância.

O Gabriel tem muitos livros, alguns tão usados ou antigos que as lombadas começam a desfazer-se. Ultimamente anda a pedir para ler as histórias da Anita. Livros que devem ter mais de 30 anos. Mas eu continuo a adorar cada história e não me importo nada de ler e reler cada uma delas.

 

Os cubos mais pequenos fazem uma garagem perfeita. Arrumam muitos carros e o Gabriel adora brincar com todos eles.

 

 

O Gabriel nunca foi muito de puzzles. Foi sempre mais livros, legos e bonequinhos. Estou finalmente a insistir nos puzzles e por isso trouxe os cubos do panda para o quarto. Ainda não os faz sozinho, mas vamos aos poucos. A luz de presença do minions foi uma prenda da Tia e ele adora ligar a luz e deitar-se com ela. O puzzle em madeira, com os animais e os números, foi um dos muitos brinquedos que recebemos na Mimobox.

 

Uma das coisas que passou do Tiago para o Gabriel foi este baú onde guardamos os peluches. Aliás passou de mim para eles. Brevemente vamos ter de fazer uma escolha, pois está a ficar cada vez mais pequeno.  O baú era de quando eu era criança, deve ter mais de 30 anos. Mas serve perfeitamente e fica a condizer com o quarto depois de o ter pintado de azul. As molduras por cima têm fotos da sessão de grávida e de recém nascido que fiz com a Himom. O autocolante comprei online na Viart.

Com um ou outro pormenor por terminar, o quarto do Gabriel é perfeito para ele. Todos os elementos fazem sentido, desde os brinquedos escolhidos por ele, à disposição do espaço que permite que ele chegue a todos os brinquedos ser ter que pedir ajuda de um adulto.  O facto dele ter passado a dormir neste quarto a partir dos 3 meses, ajudou a que hoje ele sinta este espaço como dele e encontre nele um refugio onde pode brincar e descansar. A disposição das coisas e até mesmo o facto dele ter este espaço só para ele, ajuda nas rotinas diárias ao acordar e ao deitar e também na hora do banho. E todos sabemos como as rotinas são importantes no dia-a-dia das crianças.

1 Comment

  • Reply
    Cristina
    18 Setembro 2018 at 21:36

    Está girissimo. Lembrei-me agora da alegria de fazer as decorações para os meus, quando eram pequenos. Agora ainda tento interferir, confesso, mas já não é a mesma coisa eheh. Beijinhos

  • Leave a Reply