Caixa de Memórias

Como organizar uma caixa de memórias para o seu filho

diy

Fiz a minha primeira caixa de memórias na minha adolescência. Gostava de guardar objetos que me faziam lembrar momentos importantes da minha vida. Comecei com bilhetes de cinema e concertos, e fui acrescentando diários, fotos e cartas que mais tarde juntei a objectos que a minha mãe de deu: o meu primeiro sapato, fotos de quando era bebe, roupinhas e brinquedos.

Quando conheci o meu marido a caixa foi-se enchendo com novas recordações de viagens, fotos, bilhetes, prendas e cartas trocadas. A caixa foi aumentado de tamanho e quando me tornei mãe pela primeira vez, achei por bem começar a fazer uma caixa de memórias para o meu filhote.

O que é uma caixa de memórias?
Uma caixa de memória é algo, normalmente uma caixa (mas pode também ser uma moldura), onde guardamos lembranças que representam os momentos mais importantes da nossa vida. Habitualmente existem 2 tipos: caixas de memórias da vida de alguém ou de um evento específico. Eu por exemplo tenho uma do meu casamento. 

Por onde começar?
Deixe-me dizer que organizar memórias é, para mim, mais difícil do que organizar uma gaveta. Organizar memórias exige muito mais de nós, muito mais poder de decisão. É muito mais difícil tomar decisões sobre objetos que mexem com o nosso coração e com os nossos sentimentos. 

O primeiro passo é encontrar a caixa perfeita. Encontrei-a na Ikea. A Caixa da Gama FJALLA, foi a escolha ideal para as minhas caixas de memórias. O preço é muito razoável para a robustez da caixa. Por 12.99€ temos uma caixa de 35x56x30 cm em cartão e muito espaço para encher de recordações. Outras razões para escolher esta caixa:

  • Cabe no móvel onde a quero guardar.
  • Tem ar de ser durável. A ideia é que aguente pelo menos até os meus filhos fazerem 18 anos. 
  • Por último, queria uma caixa com pegas para ser mais fácil de tirar da estante e se possível em tons neutros. E a cereja no topo do bolo: tem uma peça para poder identificar a caixa.

O segundo passo, é escolher o que colocar dentro da caixa.

O que colocar na caixa de memória?
No caso das caixas de memórias de criança, pode colocar objetos como:

  • Lembranças da gravidez: 1ª ecografia, fotos e diário da grávida.
  • A roupinha e pulseira da maternidade 
  • Documentos pessoais
  • Jornal do dia que nasceram ou moedas do ano que nasceram
  • Primeiro dente
  • Primeiro corte de cabelo
  • Os sapatos com que deu os primeiros passos
  • Albúm com fotos diversas
  • Lembranças da Escola – fotos, desenhos, etc.
  • A chucha, fraldinha ou peluche favoritos
  • Diplomas e certificados
  • Outras lembranças de momentos importantes: bilhete da primeira viagem de avião, bilhete da primeira ida ao cinema…

Isto é só um exemplo do que pode colocar na caixa de memória, porque no final de contas, cada um escolhe guardar as coisas que lhe dizem mais ao coração.

Por último, escolha um sítio onde guardar a caixa. Eu escolhi um sítio de fácil acesso, na arrecadação da nossa casa, para poder acrescentar mais alguma coisa a qualquer momento.

O que coloquei na caixa de memórias do meu filho?

Coloquei objetos que representam alguns momentos importantes da vida do meu filhote. Objetos de bebé e também dos primeiros anos de escola, das atividades que ele mais gosta de fazer e muitas fotos dos amiguinhos e com a família.

Escolhi guardar a 1ª roupinha que ele vestiu no dia que nasceu, a bata da Escola onde fez a Pré e a t.shirt com os nomes dos amguinhos da Creche. Também guardei os sapatos onde o Tiago deu os primeiros passos. Toda a roupa foi guardada em sacos ziplock da Ikea, de forma a conserva-la melhor. Não só para as proteger, mas para que não ganhem cheiros.

O KicoNico da Imaginarium foi o boneco que o Tiago mais usou. Andou tanto com ele de um lado para o outro, que o boneco acabou por perder a cor branca, mesmo depois das lavagens.

Guardei também na caixa o Dossier de Finalista do Pré-Escolar, com os desenhos de todos os amiguinhos da sala. E coloquei o diário de grávida onde escrevi tudo o que senti e pensei enquanto estava grávida dele. Também juntei um livro com várias fotos dos primeiros meses do Tiago.

Guardei os papéis separados em dossiers. Um com as fotos da Escola, outro com diplomas vários, um só para o violino, com as recordações dos concertos e diplomas. Desta forma é mais fácil acrescentar novos documentos à medida que os vou guardando.

A caixa ficou perfeita no móvel da arrecadação! Vou continuar a juntar objetos e será uma prenda muito gira para entregar ao meu filhote quando for mais crescido!

Também tem caixas de memórias? O que coloca nelas?

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply