Resoluções de Ano Novo para a minha Casa

Até que dia é razoável falar-se de resoluções de ano novo?! Ainda vamos na primeira semana, pelo que ainda vou a tempo de falar sobre este tema. Pessoalmente tenho várias resoluções de ano novo, mas hoje quero partilhar as minhas resoluções de ano para a minha casa, ou seja, o que quero fazer para manter a minha casa organizada, saudável, sustentável e linda em 2019.

Então aqui vão as 4 resoluções:

1. Acabar com o stock – Isto é algo que comecei em 2018, mas que vou reforçar em 2019. O meu objetivo é acabar com produtos que tenho em stock em casa e só comprar quando necessário. Com isto refiro-me principalmente a produtos de higiene, limpeza e alguns de cozinha. Durante muito tempo aproveitava os descontos e fazia stock de produtos. Depois passavam-se meses e aconteciam 2 coisas: ou me esquecia que tinha e comprava novo ou então deixava passar do prazo e acabava no lixo (sim, porque não sei se sabem, mas os cremes também passam de prazo). Um pouco na onda do meu projeto sem fim de destralhe, e porque verifiquei algum desperdício, comecei no ano passado a utilizar tudo o que tinha em stock, antes de comprar novo. Hoje em dia as promoções acontecem com a regularidade suficiente para que possa comprar os produtos que quero quando eles terminam, pelo que não sinto necessidade de ter muito stock em casa. E relembro que somos uma família numerosa. Por isso, este ano vou fazer um esforço por acabar com todos as garrafas de gel, shampoo, detergentes que estão a meio e criar receitas novas com a comida que tenho na despensa da cozinha quase a passar do prazo!

2. Ser mais sustentável – E não falo só de reduzir aos poucos o plástico que utilizamos em casa (e digo aos poucos, porque substituir todos os nossos recipientes de plástico por vidro, ainda é um investimento considerável), mas também continuar a promover a separação de resíduos, a poupança da luz e água, entre outros temas. Não só por uma questão de orçamento familiar, mas porque somos todos responsáveis pelo futuro do nosso planeta e isto é algo que faço questão de passar aos meus filhos. Se todos contribuírem um pouco, já faz uma grande diferença.

3. Fazer compras de forma mais consciente – Sinto que a nossa vida se tornou agitada demais nos últimos tempos, e facilmente vamos almoçar ou jantar fora de casa, principalmente ao fim-de-semana. Ou porque é mais conveniente ou por pura preguiça, e o certo é que não sinto que esteja a comer do melhor (e o mesmo se aplica aos miúdos). Por isso, este ano queria promover alguma mudança de hábitos alimentares em casa. Não falo em radicalismo, mas sim, fazer escolhas mais conscientes, como por exemplo, passar a ir ao mercado aos sábados de manhã e optar por comprar produtos da época e produção caseira. Muito também passará pela organização das comidas semanais, lista de compras (que liga com os pontos falados anteriormente – do stock e da sustentabilidade) e que permitirá fazer um melhor planeamento das nossas refeições.

4. Organizar-me melhor  – Pode parecer parvo e provavelmente deve estar a perguntar-se “Organizar-se mais?!” Sim. Ser organizado, como tudo na vida, implica uma constante atualização e melhoria. O que eu posso considerar como um sistema de organização perfeito hoje, amanhã pode já não fazer sentido. Isto chama-se melhorar continuamente. Um dos projetos que tenho para breve passa por criar um sistema de cartões organizado para a limpeza e arrumação da nossa casa. Não só para ajudar a nossa empregada nas tarefas que deve fazer semanalmente, mas também para aquelas tarefas que acontecem mensalmente ou trimestralmente e que se não são calendarizadas, facilmente ficam esquecidas. Este sistema será principalmente para ajudar a diluir pelo ano a limpeza e arrumação da nossa casa e evitar picos muito grandes de limpeza ou arrumação.

Partilhe comigo as suas resoluções de ano novo. Adorava conhecer os seus projetos e desejos para 2019!

 

 

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply