Como preparar-se financeiramente para a chegada de um filho

organização baby

A chegada de um bebé a uma família significa novas e acrescidas despesas. Para além de tudo o que pode ter de comprar para a sua chegada – roupa, acessórios e artigos – a chegada de mais um elemento a uma família pode implicar também a mudança de casa ou de carro. Todas estas mudanças têm um impacto direto no orçamento familiar, mas não podem ser a razão de não avançar para a decisão de ter um filho. Organizar a sua vida financeira é o primeiro passo para preparar a chegada do seu bebé. Leia este artigo até ao fim onde partilho como para preparar-se financeiramente para a chegada de um filho.

3 dicas para preparar-se financeiramente para a chegada de um filho

Não sendo uma especialista na área financeira, partilho estas dicas do ponto de vista de alguém que já passou por 2 gravidezes e tem de gerir o orçamento de uma família numerosa. Se quiser ou estiver a precisar de aconselhamento financeiro, sugiro que contacte um especialista.

Espreite as minhas 3 dicas para preparar o seu orçamento familiar para esta nova fase da sua vida:

  1. Análise as suas despesas familiares e comece por perceber o seu estado financeiro: que poupanças tem, quais as suas despesas fixas e variáveis, créditos, etc. A ideia é perceber o seu orçamento familiar atual e tentar fazer um exercício para perceber como será o seu orçamento familiar depois de ter filhos. É importante que enquanto casal, tentem estar em sintonia em relação às despesas do agregado, por isso, se nunca falou de dinheiro com o seu companheiro ou marido, está na altura de o fazer. Uma vez feito este “checkup”, identifique quais as despesas que pode reduzir que lhe permitam “acomodar” novas despesas. Uma forma de o fazer é renegociando algumas despesas fixas como créditos, telecomunicações e seguros. E não se esqueça também de se informar sobre os apoios à natalidade e pós-parto dos quais possa beneficiar.
    • Tire proveito das ferramentas existentes, use uma aplicação online ou um simples ficheiro em excel para começar a desenhar o seu orçamento familiar.
  2. Poupe no enxoval do bebé – Os artigos de bebé para além de não serem propriamente baratos, são em muitos casos obrigatórios e por esse motivo, é obrigatório fazer compras conscientes. No meu artigo “Enxoval de bebé: 5 dicas de poupança“, proponho 5 dicas  para fazer compras de forma mais consciente, e poupar na conta final do enxoval do seu bebé. De fazer uma lista e definir um orçamento, comprar em segunda-mão ou pedir emprestado, evitar comprar muita quantidade e pedir opiniões sobre os produtos, são algumas das dicas que proponho para poupar na compra do enxoval.
  3. Faça da poupança um hábito! A partir do momento em que sua família começa a crescer vai começar a perceber que tem de passar a poupar para tudo o que possa vir a ser um extra (como as férias), para coisas que irão acontecer no futuro (como a faculdade) ou mesmo poupar para emergências (situações de doença ou desemprego). Se ainda não fez da poupança um hábito e está a pensar ter filhos, está na hora de mudar. Estabeleça objetivos de poupança para um determinado fim e separe o dinheiro. Por exemplo, ter uma conta para o seu filho e transferir de forma regular dinheiro para essa conta pode ser uma boa ideia. Um livro que pode ser interessante ler é o ABC da Poupança da Ana Rosa Bravo. Um livro com mais de 1000 conselhos úteis e práticos para poupar.

Muita coisa muda com a chegada de um filho, mas não precisa de ser um sufoco. Comece a preparar-se financeiramente o mais cedo que conseguir e continue a fazê-lo depois da chegada do seu bebé. A organização das suas finanças pessoais e familiares deve tornar-se um hábito e fazer parte da rotina da sua organização familiar.


Como preparar-se financeiramente para a chegada de um filho

Este artigo contém links de Afiliados Wook, o que significa que ao comprar algum produto através de um link recebo uma pequena comissão. Obrigada por apoiar o Blog Conxita Maria – A Arrumadinha.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply