Como prevenir o bolor em casa

limpeza da casa

Com a chegada do inverno, o baixar das temperaturas e o aumento da humidade, é natural que comece a aparecer bolor em algumas zonas da casa – casas de banho, roupa dentro dos roupeiros, cantos das paredes. Para além de esteticamente feio e de ter um cheiro característico pouco agradável, o aparecimento de bolor pode provocar graves problemas de saúde ao nível do aparelho respiratório, como asma e alergias.

Para mim, que gosto de ter uma casa sempre limpa e cheirosa, a humidade e o bolor deixam-me maluca e por isso, faço os possíveis por não só evitar, mas no caso de aparecer, tenho sempre o cuidado de resolver a questão logo no seu início. E porque sei que é um problema que afeta muitas casas e que também deixa a muitas Arrumadinhas fora de si, hoje partilho algumas dicas para EVITAR o aparecimento do maldito bolor em casa.

Como evitar o bolor em casa?

Evitar o bolor deve ser sempre a prioridade número um. Nesta como em qualquer situação, o ideal é prevenir e evitar andar a correr atrás do prejuízo. O ideal é que nunca chegue a ter bolor em case e por isso, aqui deixo algumas dicas:

  • Nas paredes – talvez o sítio que é mais visível, pois facilmente irá reparar nos pontinhos pretos que começam a aparecer, especialmente em cantos e juntas.
    • No mínimo, uma vez por semana, todas as divisões da casa devem ser arejadas. Ventilar as divisões da casa é fundamental para evitar a humidade e formação de bolor nas paredes. Sim, eu sei, no inverno é complicado. Mas crie uma rotina que funcione para si. E faça os possíveis por abrir a janela durante o dia, escolhendo a melhor hora. Eu gosto de fazer logo pela manhã.
    • Limpar as paredes de casa pelo menos uma vez por ano. Esta é outra das tarefas do Cronograma de Limpeza de Primavera que nunca falha.
    • Pintar as paredes com tinta anti-fungos, em especial em locais onde há mais probabilidade de aparecer humidade, como lavandarias, casas de banho e cozinhas. Cá em casa, todas as paredes são pintadas com tinta anti-fungos. Se a tinta que escolher não tem esta função (apesar de muitas já o trazerem) pode sempre escolher passar um primário.
  • Na casa de banho – o sítio favorito para o bolor aparecer: humidade, vapores dos banhos quentes, pouca ventilação criam a atmosfera perfeita para a proliferação do bolor.
    • Depois de cada banho, deixe as portas abertas para o vapor sair e se tiver janela (como é o nosso caso), deixe aberta sempre que possível. Se não tiver janela, instale um exaustor.
    • Por acaso não temos cortinas, mas já tive no outro apartamento e é fundamental deixar a cortina bem esticada entre banhos para evitar que o bolor comece a nascer nas dobras. Uma vez por ano, no mínimo, lave a cortina.
    • Faça uma limpeza da casa de banho com regularidade (a fundo pelo menos uma vez por semana) e assim que aparecer os pontinhos pretos, use um produto específico para bolor.
    • Os armários ficam também molhados por dentro, por isso, uma vez por semana deixe arejar e garanta que a limpeza do seu interior também é feita com regularidade.
    • Instale secador de toalhas elétrico para secar bem as talhas entre banhos ou coloque-as a secar ao sol para evitar que fiquem molhadas e ganhem cheiro a mofo.
  • No roupeiro – os roupeiros também sofrem com este mal. A roupa começa a cheirar a mofo e algumas peças começam a ganhar pequenas manchas brancas. Como evitar?
    • Umas das coisas que faço cá em casa, é deixar, uma vez por semana (geralmente ao sábado) os roupeiros todos abertos para arejar, incluindo as gavetas.
    • Mexa na roupa para ela se “separar” uma da outra e verifique se existe algum vestígios de bolor. Caso identifique alguma peça, retire, limpe e deixe a secar, de preferência ao sol.
    • 2 vezes por ano, na troca da roupa, retire tudo do seu interior e faça uma limpeza a fundo. Deixe secar bem antes de voltar a aguardar tudo.
    • Coloque desumidificadores nos roupeiros, (eu coloque durante todo o ano, até mesmo no verão) de forma a absorver o máximo de humidade possível e evitar dessa forma o bolor. Uma dica é usar giz para absorver a humidade. Coloque pedacinhos numa taça dentro do roupeiro.
    • Uma dica importante é não encher o roupeiro demasiado e circular a roupa (ou seja, usar) para ela não ganhar aquele cheiro a mofo. Aproveite a troca da roupa da estação para lavar algumas peças ou simplesmente colocar a apanhar sol.
  • Na cozinha – outro sítio, que pela sua natureza (vapores de cozinhados, máquinas de loiça e roupa) possa facilmente desenvolver mofo. Aqui deixo algumas dicas de como evitar o seu aparecimento:
    • A limpeza do interior dos armários é fundamental. Faça no mínimo uma vez por ano, logo a seguir ao inverno terminar. É uma das tarefas do Cronograma de Limpeza de Primavera que nunca deve falhar. No caso de verificar que os armários começam a ganhar alguma humidade e cheiro a mofo durante o ano, faça nova limpeza e deixe secar bem antes de voltar a guardar tudo de volta nos armários.
    • Seque muito bem a loiça antes de a guardar.
    • Ligue o exaustor sempre que cozinhe para ajudar a extrair os vapores e evitar que as paredes fiquem húmidas. Para além de ajudar a extrair também os cheiros.
    • Deixe os armários abertos para o ar circular. Pode deixar por exemplo, durante a noite.
  • Em toda a casa – apesar de cada divisão ter a sua particularidade e por isso, ser mais ou menos propensa a ganhar bolor, na generalidade tento implementar o seguinte:
    • Fazer uma limpeza regular da minha casa.
    • Arejar a casa, mesmo no inverno.
    • Deixar entrar o sol sempre que possível.
    • Afastar os móveis da parede é uma boa forma de evitar que o bolor se comece a formar nas costas dos móveis. Se não é possível, garanta que de tempos em tempos os afasta para limpar e deixe secar bem antes de voltar a encostar à parede. O ideal é que móveis em madeira sejam bem limpos e depois colocados ao sol a secar.
    • Ter um desumidificador portátil que pode ir alternando de divisão se for preciso ou usar nas divisões mais críticas.
    • Fazer uma vistoria regular à casa, verificar se não há infiltrações nas paredes, se os duches e banheiras estão bem vedados, etc. Verificar atrás dos móveis também é importante.
    • Use a natureza a seu favor. Escolha plantas que ajudem a diminuir a humidade do ar, como por exemplo, o lírio da paz e estas outras 9 sugeridas neste artigo.

E estas são algumas dicas de como prevenir. No entanto, se já não foi a tempo, leia também algumas dicas de como pode eliminar e limpar o bolor e humidade da sua casa.


Aqui deixo alguns exemplos de produtos que pode utilizar para prevenir o bolor e humidade em sua casa:

Produtos para evitar o bolor e humidade

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply