Como por os seus filhos a ajudar em casa

organização kids

Desde cedo que os nossos filhos participam nas tarefas de casa. Por e tirar a mesa, fazer as camas, tirar a loiça da máquina, arrumar brinquedos, estender roupa…tudo de acordo com as idades. Os mais velhos já fazem de babysitters dos mais novos e têm cozinhado algumas refeições para a família ao fim-de-semana (a última foi uma lasanha feita de raiz, melhor do que muitas que já comi em restaurantes italianos). Em 2020, em plena pandemia, quando ficamos sem empregada mais de um mês, reservamos o sábado para limpar a casa toda e as tarefas eram divididas por todos. Eu ficava com as casas de banho e cozinha, o meu marido aspirava e os miúdos limpavam o pó. Até não correu mal. Por isso, hoje queria partilhar algumas dicas de como por os seus filhos a ajudar em casa.

Aqui por casa foi sempre assim, tentamos, dentro dos possíveis, envolver sempre os miúdos nas tarefas da casa. Se é fácil? Não o é. Se dá trabalho? Dá. Mas sempre vi isto como um investimento. Investimento no bem-estar familiar, mas também como um meio de dar ferramentas aos meus filhos para o futuro deles, quando um dia mais tarde tiverem as famílias deles. Para mim, participar nas tarefas de casa é sinónimo de criar crianças responsáveis e independente, como já tive oportunidade de falar neste artigo, onde dou 8 dicas para criar filho responsáveis.

Sim, porque eu sou daquelas pessoas que acha que na escola deveria haver uma cadeira de lides domésticas: aprender a cozinhar, coser, passar a ferro…para todos e adequado a cada idade. Obviamente, complementado com os valores e ensinamentos de nós pais e educadores em casa.

Isto é tudo muito bonito, mas deve estar a pensar como pode fazer para que os seus filhos participem nas lides domésticas, ou pelos menos, contribuam um pouco mais do que fazem atualmente. Na minha experiência, precisa de fazer 5 coisas.

5 dicas do que fazer para que os seus filhos ajudem em casa

  1. Liderar pelo exemplo – se quer que o meu filho faça algo, tem de mostrar que também o faz, ou seja, dar o exemplo. De nada serve pedir para fazer a cama todos os dias, se não a faz também. As crianças aprendem a ver fazer e imitam tudo o que nós adultos fazemos. Tudo – o bom e o mau (infelizmente!).
    • Uma ideia engraçada é construir uma lista de regras da família, para ajudar a criar limites e a saber o que é aceitável no seu seio família. Espreite as nossas aqui.
  2. Repetir, repetir e repetir – para criar um comportamento, ele deve ser feito várias vezes. E eu sou chata nisso, até porque os meus filhos são um pouco surdos. Repito e volto a repetir, até que entre na cabecinha deles.
  3. Organizar e planear – tabelas de tarefas ou quadros de rotinas são ótimas formas de visualmente ajudar a criança a saber o que tem de fazer. Já para não falar de que criar rotinas é fundamental para criar hábitos.
  4. Recompensar e elogiar – criar formas de incentivar através de recompensas (semanada, ida ao cinema – adapte conforme os gostos pessoais do seu filho) e elogiar o resultado, sem exageros, claro!
  5. Tornar as atividades divertidas – estou a falar de crianças, por isso, sempre que possível tornar algo chato em divertido. É preciso guardar brinquedos? Que tal fazer uma corrida? Quem guardar primeiro, ganha.

A meu ver o melhor é começar desde cedo a incluir os seus filhos nas rotinas e tarefas de casa, é uma das melhores formas de os tornar responsáveis e independentes. Se não sabe que tarefas eles podem fazer, espreite a Tabela Montessori neste artigo, com a indicação de tarefas que o seu filho pode fazer de acordo com a idade.

Já decidiu quais das 5 dicas vai implementar para por os seus filhos a ajudar em casa?

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply